INTERNET

CHRISTOPHER KARK

Stanford University
 

The Internet is everywhere, but nowhere in particular. The server farms dotting the North Dakota landscape, the tortuous web of fiber optic cables that straddle the ocean floor, the cellphone towers narrowly disguised as redwoods: these comprise a vast network that, for most of us, is amorphous. Space, in the geographic sense of the term, is passé.

A Internet está em todo o lado, mas em lado algum em particular. As quintas de servidores que pontuam o Dakota do Norte, a tortuosa rede de fibra óptica acoplada ao fundo do oceano, as torres de comunicações celulares mal disfarçadas de sequoias: tudo isto forma uma vasta rede que, para a maioria de nós, é informe. O espaço, no sentido geográfico do termo, é uma noção obsoleta.